negócios

COMO REDUZIR OS CUSTOS DO SEU NEGÓCIO: 6 PASSOS (SEM PERDER QUALIDADE.)

                                                  Reduzir os custos do seu negócio

                                                 Reduzir os custos do seu negócio

Como reduzir os custos do seu negócio sem perder a qualidade? 

Mas calma ai, é possível fazer os dois? Sim! Hoje é possível encontrar uma série de ferramentas e serviços que podem auxilia-lo em diversas áreas da sua empresa, econimizando seus recursos e seu tempo.

Reduzir os custos não deve ser feito somente em momentos de crise, realizar um planejamento, pode fornecer aquela gordurinha extra para inovar seus serviços além de aumentar sua competitividade.

Então vamos dar algumas dicas para jogar sua empresa no próximo nível!


1. Analizar os custos mensais

Sabe aquela assinatura que você não usa ou não é bem aproveitada? Exatamente :D

É comum as empresas começarem a realizar cortes sem muito critério, com isso acabam prejudicando recursos importantes para o negócio. Para que isso não aconteça, é preciso sentar com a equipe (Administração e Financeiro) e entender o que está sendo utilizado.

Faça uma lista com todos os custos da empresa, assim, é possível visualizar com mais clareza o que é um custo supérfluo e o que impacta na qualidade do serviço.


2. Reveja seus fornecedores

           Reduzir os custos do seu negócio

           Reduzir os custos do seu negócio

Material de limpeza? Manutenção?

Depois que a análise dos custos foi feita, é hora de reduzir os custos em relação aos fornecedores, renegociar os preços. Dessa forma você garante a qualidade dos seus serviços e melhora a margem de lucro. 

Produtos podem variar o seu valor significantemente, é importante ter sempre mais de um fornecedor cadastrado para complementar seus pedidos.

Cuidado com essa parte, ela impacta diretamente na qualidade do seu serviço e como todos sabem o barato as vezes sai caro.
 

3. Mobilize a equipe para reduzir os custos

Os funcionários são o coração da empresa, por isso a comunicação interna é de extrema importância na definição das metas de economia, recompensar sua equipe pode ser uma boa forma de atingir os objetivos.

Aproveitar a iluminação natural, desligar ar condicionados em salas vazias, trocar as lâmpadas e eletrodomésticos por modelos econômicos podem gerar grandes economias.


4. Banco de horas

Adotar o banco de horas é uma boa saída para reduzir gastos com as equipes. Você consegue economizar nas horas extras, enquanto o empregado recupera seu tempo trabalhado com mais dias de folga, incluindo os dias nas férias ou prolongando feriados.


5. Renegociar dívidas e tarifas

Dívidas com credores podem ser renegociadas, é uma ótima alternativa para minimizar a taxa de juros e com isso os danos no faturamento. É preciso calcular bem se a empresa pode arcar com as condições financeiras para pagar a dívida nos termos negociados.

Cuidado também com as tarifas bancárias! Elas podem representar 1% do faturamento da empresa, por isso, negocie melhor as tarifas com o seu banco. Para ter sucesso é necessário estar com os pagamentos em dia e ter um bom controle de caixa.


6. Infraestrutura e tempo

           Reduzir os custos do seu negócio

           Reduzir os custos do seu negócio

Aluguéis altos e custos operacionais podem ser terceirizados com serviços de escritório virtual e coworking

Não é mais necessário se preocupar com qualquer probleminha que rodeia sua atividade, agora é possível focar realmente no que interessa: ganhar clientes e aumentar suas vendas.

Com um espaço de coworking você tem a disposição uma estrutura profissional compartilhada com outras empresas, reduzindo os custos com manutenção, eletricidade, internet entre outros! Além de fortalecer sua rede de contatos.

Coworkings podem fornecer:

  • Endereço comercial e fiscal em uma localização de alto nível
  • Alugueis personalizados que conseguem se adequar a realidade das empresas
  • Terceirização das contas de Luz, internet, telefone, faxina, etc.
  • Salas de reunião equipadas 
  • Manutenção da infraestrutura
  • Networking com eventos, palestras e atividades recreativas

Caso tenha interesse em saber mais, escrevemos uma matéria mostrando 5 motivos para colocar sua empresa em um coworking hoje.

Para ficar por dentro de mais dicas como essa, acesse nosso blog!

4 dicas para o networking de verdade em um coworking

Ir para um espaço de co-working, colocar os seus fones de ouvido “noise cancelling” e escolher um cantinho secreto pode ser uma ótima maneira de ser produtivo. Mas você está perdendo uma grande oportunidade de crescer seu negócio.

Ninguém quer ser aquela pessoa chata, que forçando a barra para encontrar uma parceria, afinal, todo mundo está trabalhando e ocupado com as próprias tarefas. Espalhar o “pitch” do seu negócio em um coworking requer respeito ao espaço e ao tempo do próximo.  

A dica mais importante para um networking de sucesso? Seja autêntico. Separamos 4 dicas para ajudar você a fazer isso. Vamos lá?

 

1 – Inicie conversas nas áreas livres e seja comunicativo

“Quer tomar um café?” O poder dessa frase é mágico. Todas as pessoas precisam de um tempo para clarear as idéias e acredite, a maioria delas não faz isso direito. Um café de 10 minutos ajuda a se distanciar do problema voltar para suas estações de trabalho mais focado. Uma outra idéia é perguntar para um coworker novo, se este é o primeiro coworking que ele frequenta ou o que ele faz por aqui. O mais importante é focar em ter uma conversa, ao invés de sair simplesmente vendendo o seu negócio.

 

2 – Troque serviços

Quando você encontrar alguém que ofereça um serviço que você precisa, que tal oferecer para essa pessoa algo que ela também precisa em troca? Trocar serviços é uma excelente forma de conseguir embaixadores para o seu negócio.

Por exemplo, se você é um designer e conhece um desenvolvedor no coworking, sugira uma troca de serviços. Você pode fazer os novos cartões de visita dele e na próxima vez que alguém elogiar o material você estará a algumas cadeiras de distância. Tão simples quando apontar e falar “foi aquele coworker alí que fez”. 

 

3 – Compartilhe conhecimento

Se você já leu “How to win friends and influence people” do Dale Carneggie  sabe que a melhor forma de receber conhecimento é dando conhecimento. Ao contar um fato, técnica, ferramenta que ajude a vida de um coworker você está criando um sentimento saudável de dívida naquela pessoa.

Na próxima vez que ela descobrir alguma coisa que valha a pena, você será a primeira pessoa que ela irá contar. 

 

4 – Deixe sua marca

Adesivos, camisas, cartões de visita, folders, materiais promocionais e brindes são excelentes formas de você espalhar o conhecimento sobre a sua marca, e acredite, isso gera curiosidade. Pense em itens que as pessoas precisam em um coworking como canecas, canetas, post its e você verá a sua marca sendo usada em todas as mesas! Aqui no Space a propaganda dos negócios dos coworkers é permitida e se você quiser distribuir o seu material é só falar com a gente que pensaremos em um jeito bacana!

 

E aí, esperando o que para começar o papo?

Fonte: Entrepreneur – “5 Tips for Authentic Networking in a Co-Working Space”